sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Verdadeiro amor


E há quem não acredite em fantasmas

4 comentários:

Anónimo disse...

Olá Carlos!
Permita-me discordar. Acho que o amor verdadeiro não existe. Já o mesmo não posso dizer dos fantasmas,pois vivos ou mortos, que existem existem mesmo e eu que o diga...

Obrigada pelo seu comentário ao meu texto e pela sua ajuda e estímulo. Ejá agora, quando é que aparece?
Bjs, Ida

Anónimo disse...

O único senão é que não é susceptivel de ser visto mas sim sentido....tal como alguns dos tais fantasmas....
jinhos
Di

Mariz disse...

Amor é um estado de alma...ela vive nele e vice-versa. Fantasmas são essas mesmas almas errantes buscando ainda pelo amor que nunca sentiram...
ninguém o viu, porque ele apenas se sente...ver...ser mesmo...só a OBRA da CREAÇÂO feita com todo o AMOR, de QUEM nos fez, para com ela convivermos e sobrevivermos. É o Amor que nos sustenta e nos faz distinguir quem não gosta de nós!
Abraço meu nesse Amor que naõ arde, mas que vivifica os corações...

Sempre...
Mariz

Parapeito disse...

:)) Descobri agora que tenho tido um fantasma ao meu lado ao longo de 27 anos :))