sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

kit de emergência

Havendo por aí tanto desajuste, natural é que, de vez em vez, nos peçam ajuda.
Uns serão loucos assumidos, talvez o meu caso, outros não tanto.
Se for de sua vontade, faça-o, sem grande stress e converse, mesmo que não saiba o que dizer.
À cautela use o kit de emergência com suas chaves de fenda e martelo. pois se o caso for feio e de tampa desajustada, é um óptimo meio de sair da enrascada.
Em caso de tampa aberta, a coisa vai ficar feita é escolher a chave certa e meia volta pra direita.
Há porém imensa gente de tampa muito ajustada, e já o caso é diferente, volta à esquerda quase nada.
Se a conversa for da treta e não vir outra maneira, não use logo a marreta, tente antes a volta inteira.
Sendo as queixas de arrazar, e falar não remedeia, não há mesmo que hesitar, ajuste com volta e meia
Mas se algo tem de fazer e até aqui não deu nada, então sim ! pode crer, só resulta à martelada.
Contudo tenha cuidado, não bata com muita força para não fazer doer, pois o coitado estará farto de sofrer.

6 comentários:

Parapeito disse...

:)
Sempre generoso ...até mesmo na altura da martelada...
Gostei do que escreveu...Como habitual sempre com principio, meio e fim.
Brisas doces para si*
(O Duarte é ruim...saiu á avo materna )
:)*

Valquiria Calado disse...

Nunca tenho força pra destampar...abraços querido, te estreito as vezes, acho teu senso de humor fantasmagórico.

Baila sem peso disse...

Nem sei que dizer...
sempre a surpreender!!!:))

um kit que deixa inveja
numa emergência de doer
com carinho a contradizer...

O solinho brilha lá fora
que chegue aí em boa hora
e leve carinho a condizer!

Anónimo disse...

"KIT DE EMERGÊNCIA "

O SEU KIT, EMBORA VENHA COM INSTRUÇÕES, CONTINUA DEMASIADO COMPLICADO PARA MIM.

FICO À ESPERA QUE ME VENHA ENSINAR A USÁ-LO. COMO VOCÊ SABE, COM A IDADE ESTOU A FICAR CADA VEZ MAIS «BORREGA»(SEM OFENSA PARA OS BICHINHOS DOS QUAIS GOSTO MUITO).
MUITOS MÉSMÉEEEEÉES COM BEIJINHOS

maria ceu firmo guimaraes disse...

Olá
vejo que andas com alguma actividade no blog, o que me deixa muito contente. Tenho andado para enviar um mail, mas sabes como é. O tempo nunca chega para tudo e por vezes são os amigos que vão ficando adiados nas nossas tarefas e cumplicidades.
Espero que continues a passar bem dentro do que é esperado, nesta fase que estará em vias de terminar, imagino.
Entretanto, temos mais um amigo comum no rol dos presentes envenenados: a Graça, que aguarda que a chamem do IPO para uma mastectomia. Enfim, os que ainda não fomos bafejados pela "sorte" só nos mantemos em espera...
Mas nada na vida é definitivo, como dizia há tempos o F.Paulino, e espero que estejas bem, em vias de terminar o presente tratamento. se não terminou já.
Grande sabedoria, é o que digo sempre e volto a dizer, acerca do que aqui leio, escrito por ti. Além de grande domínio da palavra escrita e do portugês, ainda a amostra duma vida vivida com sentido, bem escrutinada sob o desígnio dos melhores valores humanos. Obrigada por a partilhares com os outros.
Fica bem. Grande abraço
MCéu

Anónimo disse...

ESTE QUERIDO AMIGOQUANDO EU ESCREVIA ANÓNIMA JÁ SABIA QUE ERA A VÓVÓ..N.
AGORA JÁ SE ESQUECEU. NÃO FAZ MAL EU CONTINUO SEM SABER USAR OS "KITS"

BEIJINHOS SEMPRE COM MUITA AMIZADE