sábado, 2 de outubro de 2010

aniversários

Não gosto de comemorar aniversários e porventura é nessas datas em que maior percepção temos de que existimos em nós e fora de nós, pelas manifestações de carinho e ternura de quem nos ama, emprestando-nos a ideia do mérito de termos qualidades bastantes para sermos amados. e permitindo a  ubiquidade, pensando que aqui existiremos mesmo depois da partida para as grandes planicies.

Foi para mim ontem um desses dias e os meus bichinhos presentearam-me com presença, carinho, ternura e mimos a não esquecer, incluindo os meus dois blogues agrupados em caderno e com prólogo que passo a transcrever.

8 comentários:

Parapeito disse...

:))
Não vou dar os parabéns...
Ou antes ...até dou...não por mais um anito em cima desses ombros...mas antes pelos bichinhos lindos que tem...
A serem tão doces...só pode ser por terem um avõ assim...
Meu amigo...que coisa melhor podemos pedir do que assim momentos tão cheios de verdade e de amor...Longa vida e esses sentimentos...
Um abraço, um pouquinho mais apertado....e brisas doces para que os sorrisos fiquem açucarados***

Baila sem peso disse...

Que coisa boa, meu estimado amigo!!!
Também não dou os parabéns pelos anos
dou mais, mais por esses sorrisos
que sempre nos ombros são precisos
e que são os bens mais queridos!
Pela amostra dessa vontade
bem se vê a troca dessa verdade!
Guardar esse lindo tesouro
neste ou noutro dia
partilhado por esses bichinhos
vale a vida em alegria
entoando uma doce melodia...

Abraço e beijo nesse desejo

maria do ceu disse...

estão crescidos os teus bichinhos. Mas comoveram-me pelo sentimento de união que passa naquelas palavras. Taõ bonitas, tão sentidas. Não te poderiam dar prenda mais bonita, acredito.
Parabéns ao avô, não só peos anos, pela bonita idade, mas também por ter contribuido para ter esses seres tão bonitos, tão verdadeiros, que até me comoveram!

Sotnas disse...

Ola, tudo bem com você, bem desejo que sim!
Primeiro parabéns por mais um degrau escalado nesta nossa jornada humana. A vida!
São dois preciosos bichinhos, com Deus a permitir crescerão sempre com estas atitudes humanas, raro observar isto entre grande parte da juventude, o respeito e a admiração pela pessoa mais vivida e com experiência, e sem querer ser amargo, mas, o planeta está tão carente de pessoas dotadas de tais sentimentos, deveras humano feito seus dois bichinhos. Desejo que tudo de bom sempre aconteça para você e todos ao redor, com saúde, amor e paz sempre, abraços e até mais!

Parapeito disse...

venho deixar brisas doces para quando aqui voltar ************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************** :)*

Baila sem peso disse...

Vim só o desejo deixar
de um bom fim-de-semana
a pairar na melodia do ar...

Abracito com carinho

Parapeito disse...

continua a vir até aqui para deixar brisas doces para quando chegar*********************+

Parapeito disse...

venho deixar saudades...e brisas doces***************